Copyright 2010 Mestre Arfaern. All rights reserved. Web Hosting by Yahoo

Mestre Arfaern, São Paulo, São Paulo , Brazil
dom@mestrearfaern.com
Aos que precisam de ajuda e esclarecimento sobre BDSM, e só mandar email para mim, com prazer estarei ajudando aos que precisam
Kinbaku

Corda artistica japonesa (ver também Bondage japonês )
Também conhecido como Shibari, que literalmente significa "a beleza da ligação apertada". Kinbaku é um
estilo japonês de escravidão ou BDSM que envolve amarrar o fundo usando padrões simples, porém
intrincados visualmente, geralmente com vários pedaços de corda fina.
knife play (Jogo de faca)

É a sensação lenta e metódica do fundo com as bordas e pontos das facas, geralmente sem cortar a pele.
O medo da arma desempenha grande parte no estímulo da submissa.
Kink

É um termo usado para se referir a práticas sexuais não convencionais, tais como a dominação da
escravidão e da submissão e sadomasoquismo (conhecido como BDSM) e fetichismo sexual.

É importante notar que a definição do que é ou não é "kinky" pode ser bastante subjetivo. As pessoas que
são sexualmente conservador pode ser considerado como algo "pervertido" para além do sexo
monogâmico em uma sala privada (de preferência com as luzes apagadas). O oposto também é possível,
alguém que gosta de chicotadas ("spanking") podem achar que essa atividade não é "pervertida ".

lguém que está no mundo "kink" é chamado de "perversos ". "Kinkster" é uma expressão coloquial na
comunidade BDSM para referir a alguém que participa de atividades BDSM. Internet teve um impacto
enorme sobre a facilitação da comunicação entre as pessoas "pervertido" e colocá-los em contato, e para
aumentar as pessoas se conscientizem do seu papel "kink" que, sem esses meios nunca teria descoberto.
Isto tem que começar a mudar a definição do que "perversos ".