Copyright 2010 Mestre Arfaern. All rights reserved. Web Hosting by Yahoo

Mestre Arfaern, São Paulo, São Paulo , Brazil
dom@mestrearfaern.com



             Comunicação na Relação D/s



26/09/2016

Psicoterapia e D/s.

O dicionário webster define uma como comunicação "o ato de transmissão; uma doação ou intercâmbio de
informações, de sinais ou mensagens como falando, gestos, ou escrevendo "no relacionamento d/s a
comunicação é vital. Então, quais são as maneiras de se comunicar com os outros e para quê, como
necessidades e sentimentos podem estar relacionados, mas o estilo de vida e bem-estar emocional de
ambos como pode ser mantida? E importante encontrar, entender e praticar como diferentes maneiras de
se comunicar, tendo em mente um relacionamento com alguém deve ser baseado na honestidade,
confiança e comunicação. A comunicação não pode existir sem honestidade e confiança e honestidade e
confiança não pode existir sem comunicação. Se nenhuma destas qualidades existem em seu
relacionamento com alguém, e especialmente em um relacionamento de florescência com um dom/me,
então não há realmente como pode ser qualquer relação.

Primeiro a ser abordado e a construção de relacionamento com qualquer pessoa, não necessariamente um
dominante. A Comunicação, para alguns, e uma questão muito difícil. Alguns tem o que parecem ter
construído umas paredes de defesa deles mesmo para seus sentimentos com a outras pessoas assim se
auto protegendo. Para essas pessoas, é preciso um ritmo de sincronia que só abriria para a pessoa certa,
mantendo uma sensação de segurança. Isto pode ser feito lentamente, ao longo de um período, que pode
ser meses, algumas por anos; lentamente testando conhecendo, dando um pouco de informação aqui, um
pouco de informação ali, e ver o que é feito com ele.

A confiança vem de um processo lento. As partes envolvidas precisam ser pacientes. Uma pessoa que está
tentando se comunicar abertamente deve estar disposto a arriscar parte de si mesmos e estar aberto para
uma dor que pode resultar ou um prazer, protegendo-se o melhor possível ao longo do caminho, se de
conhecer e de se comunicar.

As ambas partes precisam ser honestas para que nunca tenha um problema de desconfiança. Dizer a
verdade é realmente a melhor política. Se algo e muito doloroso para falar sobre, digamos assim. Deixe a
outra pessoa saber onde você está vindo do melhor que puder. Mostrar que você não está disposto a ser
aberto a verdade, pode medo de ferir ou perder a outra pessoa, não é bom. Se a outra parte não pode
entender isso, então talvez a outra parte não seja a pessoa certa e de gostar a verdade, porém a outra parte
tem o direito de não aceitar a sua verdade, porque da outra tem o direito de escolha o respeito e
importante, viver da verdade e melhor que viver da mentira.

Lembrando-se da premissa básica do objetivo da relação e a honestidade da comunicação, uma submissa
deve comunicar suas / seus sentimentos em todos os momentos, mantendo-se o respeito. No entanto, o
que inclui o uso de tato. O dom ou a domme e uma pessoa como qualquer. Eles têm sentimentos que são
tão sensíveis e reais quanto o seu. Eles são tão abertos a ser ferido por suas palavras como qualquer outra
pessoa e é importante manter isso em mente. Fale normalmente quando for dada a permissão e o
momento de falar, mas esteja ciente de seus sentimentos.

Em um relacionamento com D/s  o respeito entre o Dom e a sub deve-se manter sempre o respeito entre
as ambas partes. A final o relacionamento é igual em qualquer dos mundos.

A comunicação entre o dominante e sub e fundamental para o relacionamento de um bem-sucedido. O sub
deve estar disposto a falar sobre suas / seus sentimentos e o dominante deve ser receptivo. É necessária
muito compreensão e paciência para manter o relacionamento.

Não é um caminho fácil.

A escrita palavra, embora aparentemente mais fácil, pode levar a mais mal-entendido ou de compreensão
errada se as palavras coisas não forem formuladas corretamente. Se você estiver escrevendo uma carta ou
uma mensagem sobre um assunto a ser discutido, escrevendo rápido você pode errar na interpretação da
ideia da frase, e importante então a outra parte pedir explicação calmamente. Isso pode esclarecer
qualquer mal-entendido imediatamente, não deixando espaço para uma dúvida da comunicação por falta
de comunicação, os dois pontos de vista diferentes sobre o que realmente está sendo discutido. Se não
conseguirem aclarar sugiro conversar cara a cara.

Gestos e linguagem corporal pode ser um jeito difícil de ser entendido. No entanto, esta forma de
comunicação pode não funcionar com êxito até a outra pessoa conhecer bem ao outro, porque se conhecer
a pessoa só superficialmente essa expressão física pode significar pouco para você como transmissão de
mensagens ou pode significar errado.

Uma maneira de se comunicar com um dom ou domme dentro de uma cena e o uso de uma "palavra de
segurança" ou um "gesto de segurança" isto é especialmente importante em um novo relacionamento,
onde a sub e dom ou domm ainda estão começando a conhecer um outro. O dom ou domme estarão
cientes (e deve) de todos os sinais verbais e não-verbais dadas por um sub, não entanto, ele / ela não é um
leitor de mentes. Por isso deve-se ter uma clara comunicação entre as partes de esses gestos e palavras na
qual vai garantir a segurança.

Safewords uo gestos de segurança podem ser decididos pelas ambas partes, porém sugiro que essas
palavras ou gesto seja diferente que qualquer coisa que estiverem fazendo, exemplo, o safeword seja 2
vezes passarinho, ou 2 vezes agua, ou mais vezes, gestos como tocar alguma parte do corpo na qual não
tenha conotação com as práticas porque aí não tem erro ou confusão. Como mencionado, sentir-se seguro
e importante e uma palavra-chave, gesto ou ação revelar-se pode útil para deixar o dominante saber que o
que você está em prestes a dizer e de natureza sensível ou que está passando dos limites doloroso para
você. Dom ou dommes não são psíquicos ou leitores mentais.

A Comunicação Verbal é necessária, mas há momento apropriado e da maneira apropriada. Seu dom ou
domme precisa saber informações básicas sobre você, ou experiências como, fantasias, preocupações com
a saúde, e fobias. Responda elas, seu desejos e limites, porque ninguém nasceu sabendo. Sua cooperação
irá melhorar o jogo das práticas do bdsm.

A comunicação e um assunto complicado e uma questão difícil para a maioria. Muito não se arriscasse
abrindo-se para um outro ou outros, dependendo da origem da relação. Uma pessoa não pode não está
obrigado a fazer o que a outra parte faz porem uma boa comunicação podem chegar a um termo na qual
ambas partes vão aceitar satisfeitos. Relações desequilibradas levar ao ressentimento e pode levar a
nenhuma relação em tudo. Se você tem um relacionamento estabelecido e se sentir seguro para abrir um
pouco mais, tentar se abrir lentamente, mas sei que as vezes a combinação das partes não dá, mais o
intento foi feito para não lamentar. Mesmo sendo, honesta e com respeito, a outra pessoa pode não
concordar ou compreender verdadeiramente; mais é o único caminho correto de qualquer relação.

Esteja disposto a abrir e compartilhar com aqueles que merecem conhecer você. Pode ser doloroso, difícil e
cansativo, mas como recompensas a segurança e a boa relação é garantida com a comunicação. No final,
ela vai valer a pena. A comunicação é um processo sem fim.



Mestre Arfaern